sábado, 23 de janeiro de 2010

Do balacobaco

Agitação: [Ato ou efeito de agitar (...) 4 Inquietação. 5 Perturbação política, turbulência, revolução (...).Antôn: tranqüilidade, calma].
Michaelis

Estou ligada na tomada. Dormindo não fico quieta, nem me acalmo. Nos meus sonhos eu corro e na corrida ainda estou atrasada. Tem sido um pra-lá-pra-cá que e vou te contar:

Vou dormir rindo e logo a graça me apaga. Às vezes me perco em que parte parei na reza antes dos meus olhos fecharem e no dia seguinte acho que começo a pedir desculpa pelo dia anterior; em que dormi falando com Deus e, achando graça de novo; e de novo, durmo. Raramente tenho alcançado o Amém!

Estou boba!

Nesta semana em que a rotina do trabalho veio quase que em velocidade máxima - sim, "quase" porque sempre há espaço para mais - o dia-a-dia na casa também esteve pipocando: ela voltou - uma das rommies mais engraçadas que já tive em três anos de independência. Chegou em um agito só! Pá: quase o resquício de um furacão!

Para colocar tantas conversas em dia, inclusive detalhes da passagem pelo Brasil, eu briguei com os cílios para me manter acordada, ouvindo até o fim: o fim da noite!

Acordava e, de novo, era hora do trabalho. Um dia atrás do outro. Parece que sem intervalo. O tempo passa rápido.

Seis dias intensos. Muitas planilhas, números, controles, retornos, conversas, telefonemas, e-mails e o desejo de uma quinta-feira à noite para dormir, seguida de uma sexta-feira de pijama: Que nada! Era a vez do Agito no zodíaco: hora de levantar!

Fugindo duas vezes da academia, na quinta, depois dela e do banho, fui a um jantar. Na sexta, o cheiro do almoço em casa me despertou e vi que já era hora de sair para um churrasco: mais uma despedida! Abandono do pijama e rua: graças! No churrasco, muita música brasileira e alegria. Estamos em casa. Sambei e ri. Contei casos. Ouvi casos. Sambei não; tentei e fingi.

E aí, os minutos rodaram, formaram horas, o dia virou noite, a lua diminuiu o riso, a novela começou e o sono tomou conta: menos uma semana. E mais uma do balacobaco!

4 comentários:

Morgana G. Martins Krieger disse...

Oi mulher!!

Feliz ano novo! com novas descobertas, novos alcances, novos e velhos amigos (mas sempre bons), muita saúde e muito amor!

Não pude deixar de comentar seu post dizendo pra vc ver este video, te lembrando um pouco da cultura brasileira.. eheh
http://www.youtube.com/watch?v=Cu8CL9C3KFo (resquícios das minhas férias na Bahia agora.. eheh)

Te amo demais flor!
Vamos nos encontrar assim que possível! (cientes de que isto pode demorar meses ou anos!)

Bjo,

Moguis

Marcelinho disse...

Ow fofa...ritmo alucinante hein! Parece que o clima está bem melhor por aí, pelo menos nesses dias que se passaram né?! Fico daqui te acompanhando!
Bjs

Dani Barbosa disse...

Me delicio com seus posts Babi!!!Se esse dom de brincar com as palavras vêm do sangue mineiro declaro agora: quero ser mineira tb sô!De coração e de poesia =)
Parabéns pelo blog!
Beijos do cerrado brasileiro
Dani

Bárbara Teles disse...

Oi Mogui! Falamos com calma por e-mail, mas não consegui ver o video: youtube foi vetado por aqui =(

Marcelinho, meu gigante!, acompanhamo-nos, sempre!

Dani, todo goiano tem um pouco de mineiro. Bem-vinda de volta :p ;)

Beijo para todos,
Babi

*Não adesão à nova regra gramatical.